terça-feira, 19 de abril de 2011

Amar...



Houve alguém que me disse que, se calhar, não sabe o que é o Amor ou Amar…


Eu explico-te:


Se conseguires, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado...


Se achares a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...


Se não conseguires trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...


Se não conseguires imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...


Se conseguires imaginar que vais ver a outra a envelhecer, mesmo assim, tiveres a convicção que vais continuar a ser louco por ela...


Se preferires fechar os olhos, antes de ver a outra a partir: é o amor que chegou na sua vida.


Se souberes que, quando precisares de alguém, aquela pessoa vai lá estar, mesmo que tenhamos a magoado de morte.


Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.


Às vezes encontram e por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.


Amor é um destino feliz ao fim de um caminho difícil por uma estrada sem atalhos.


Amor é quando a esperança tem paciência.


Amor é coleccionar detalhes.


Amor é quando se sonha acordado e só sabe que é verdade porque existe alguém ao lado sonhando o mesmo sonho que nós.


Amor é querer pertencer ao outro, não por submissão ou posse, mas por entrega.


Amor é a cada dia que passa estar sempre mais perto do início do que do fim. Amor é quando a solidão tem vontade de nós.


Amor é tentar se concentrar num filme, mesmo sabendo que ao nosso lado está a pessoa mais linda do mundo.


Amor é encontrar alguém que reúna os seus defeitos preferidos.


Amor é escrever sem saber que aquela pessoa não vai ler mas escrevemos para ela.


Amor é procurar roupas parecidas com aquela que ela elogiou.


Amor é aprender não só a fazer, mas a querer fazer.


Amor é ter sempre alguém na mente enquanto o corpo se esforça para fazer outras coisas.


Amor é convencer o outro a fazer o que será melhor para ele, nunca o que será melhor para nós próprios.


Amor é não desistir.


Amor é nunca se despedir, e isso é não ter fim.


Amor é quando a ausência não se faz presente, pois de algum modo se está sempre ali.


Amor é ter orgasmos não só no sexo.


Amor é dar sem exigir.


Amor é quando ao deixar alguém sentimos que deixamos a nós próprios.


Amor é perceber que a nossa felicidade é importante para o outro.


Amor é quando é simples de sentir, complicado de explicar e trabalhoso para se manter.


Amor é quando o nosso espírito descobre um abrigo e não é o nosso corpo. Amor é não nos contentarmos com pouco sem exigir mais do que o outro pode dar.


Amor é sentir a necessidade de ser sempre sincero.


Amor é quando dói mentir.


Amor é o infinito onde as paralelas do sentimento e do relacionamento deveriam, mas nem sempre se encontram.


Amor é o que se leva uma vida para acontecer e muitas outras para se esquecer. Amor é um estado raro em que em alguns casos a felicidade supera a reciprocidade.


E chega o tempo em que finalmente se aceita que o verdadeiro amor não é aquele que necessariamente se concretizou de verdade; o amor da nossa vida não é aquele que fica a vida toda por toda a sua vida; o amor que importa na nossa existência é o que nós sentimos por aquela só pessoa, por tanto tempo, anos e dias sem jamais pensar que desperdiçou um segundo sequer da nossa vida.


Amor é escolher sentir saudade.


Amor é, por fim, o que só nós próprios entendemos.


Amor… amor é estar sem estar, sentir sem tocar, respirar sem ar, ver sem olhar, entender sem explicar.


Isto tudo é o que eu sinto por ti… Será Amor?..Sim…Isto é Amor!!! Isto é Amar!!!


4 Aparências...:

maria disse...

Que bonita defenição do AMOR, confesso que se O sentes és um homem com sorte...
Gostei muito, escreve num pergaminho e oferece-lhe ela entenderá.
Beijo amigo

Notinha: há muito não lia uma coisa tão sentida e real..parabéns.

Moonwisher disse...

Olá Maria.
Sim, foi escrito sentindo muita coisa.
Obrigado pela visita. Bj grande Amiga.

Anónimo disse...

Diz me porque que nao lutas por esse amor ? Vai, vai ,procura esse amor quem sabe que ele ainda te espera ,que ainda te da um chance .Nao desistas Paulo vai ser feliz.

Anónimo disse...

Vai ser feliz. !!! Quem sabe ela nao esta a tua espera.Luta por esse amor.Acaba o que comeca.Nao sejas derrotista.